Florianópolis, capital da inovação,
espera por você repleta de magia.

Fórum de Discussão

Defesa e segurança cibernética: oportunidades de colaboração entre academia e indústria no Brasil

Resumo:
Defesa e segurança cibernética são temáticas estratégicas e que estão na agenda de desenvolvimento nacional, tendo recebido incentivos crescentes do Estado brasileiro. Justamente por estratégicas, defesa e segurança cibernética requerem prontidão local. Ou seja, deve haver um ecosistema economicamente sustentável e competitivo no país que contemple da pesquisa científica à exploração comercial de produtos inovadores.

Neste seção apoiada pela SOFTEX será feita uma breve exposição de desafios científicos específicos e relacionados com tecnologias proteção de “end-point” (suites anti-vírus) e de borda de redes ("firewall" ou "UTM") e sequencia uma dinâmica entre os participantes com o intuito de:

(a) a identificar de problemas emergentes na área e,
(b) realizar fase inicial de "match-making" entre programas apoiados pela SOFTEX e a academia.

Data: 11/11/2015 (Quarta-feira)
Horário: 14h30 às 16:00h
Duração: 90 minutos

Formato: Mesas de discussão, com diferentes vertentes, sobre a temática.

Coordenador do Fórum de Discussão

Roberto Gallo (Kryptus)

Dr. Roberto Gallo possui mais de 16 anos de experiência em segurança e defesa cibernética, atualmente atuando simultaneamente na indústria, na academia e institucionalmente com o Estado brasileiro. Como Cientista Chefe e Diretor Executivo na KRYPTUS Segurança da Informação, Roberto concebeu e atuou em mais de uma dezena de projetos de segurança e defesa cibernética para demandas de Estado, incluindo aquelas do Exército Brasileiro (RONDON/IMBEL, AC-DEFESA, SHDCIBER, RENASIC, SABER M60/BRADAR), Força Aérea (LinkBR2/COPAC, IFF modo 4), Agência Brasileira de Inteligência (mais de 10 projetos/soluções, incluindo a segurança cibernética dos jogos Pan-Americanos de 2007), SERPRO, ITI, dentre outros. Do ponto de vista acadêmico, Gallo atua desde 1999 na segurança de sistemas ciber-fisicos, possuindo mestrado em arquiteturas seguras e doutorado na concepção, desenvolvimento, integração e avaliação de sistemas seguros, ambos pela Universidade Estadual de Campinas. Resultados mais recentes (2015) de pesquisa de Roberto na Unicamp incluem novas metodologias para de concepção, definição de arquitetura e integração de sistemas em conjunto com o SIDI/SAMSUNG e Intel Research. Além da Unicamp, Gallo também mantém colaboração próxima com a Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Nacional de Brasília (UnB) e CTI/Renato Archer. Finalmente, como e Coordenador do Comitê de Cibernética da Associação Brasileira das Indústria de Material de Defesa (ABIMDE), Gallo promove o diálogo entre Defesa e Indústria mapeando demandas de Estado nas FFAA e Ministério da Defesa com as inovações criadas na indústria de academia. Gallo é ainda vencedor (primeiro lugar), com sua tese na área cibernética, do "III Concurso Marechal-do-Ar Casimiro Montenegro Filho" da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.